Colaboradores do Blog

Icaro Gomes (Titular), Carlos Guia, Fernando Moraes, Carlos Torres, Sandro Barbosa, Samara Egues, Diego Rodrigues, Savio Lima, Luiz Dilton, Elton das Vilas e Edilza D'Avila.

Repórter: O ESTAGIÁRIO DO BLOG


E-mail: gersonicaro@hotmail.com
Facebook: Ícaro Gomes


Postar um comentário

2 Comentários

  1. SECRETÁRIO DE SAÚDE DE MARACANÃ PASSA POR CIMA DA ESFERA ESTADUAL E USA BOLA DE CRISTAL PARA DECRETAR FECHAMENTO TOTAL DE TURISMO EM ALGODOAL E ENTORNO NO MÊS DE JULHO.
    Em áudios vazados nesta segunda feira o secretário de saúde de maracanã, filho da prefeita, solicita em conversa com um funcionário da limpeza da prefeitura por nome Nilson (tico-tico), que o mesmo colha na reunião de terça 07/07/20 na sede da ideflor-bio em algodoal informações sobre uma instrução normativa elaborada por membros da comunidade junto com os conselheiros do conselho gestor da APA- Algodoal/Maiandeua. Tal documento foi lido mas em seguida inteiramente descartado em reunião anterior na comunidade , por conter sugestões sobre protocolo de reabertura segura, levando em conta todas as orientações dos orgãos de saúde, OMS e Secretaria de saúde do Estado, e por exigir da prefeitura que cumpra com seu papel abastecendo o posto médico com medicamentos para covid-19 e outras doenças, equipe de médicos e enfermeiros, leito de uti com respiradores para atendimento de urgência,policiamento e bombeiros para segurança nas praias.
    Vale ressaltar que a IDEFLOR-BIO não tem gerência sobre questões de saúde pública, neste caso a Prefeitura esta se isentando da responsabilidade de atender as solicitações dos comunitários.
    Os mesmos audios ratificam que logo após o termino do decreto o mesmo seja reeditado deixando a comunidade sem turismo no mês de julho.
    Causam estranhezas tais atitudes:
    1 - Porque o secretário se reporta a um funcionário da limpeza da prefeitura e não ao administrador da prefeitura que vive na ilha?
    2 - Como ele pode prever com mais de 10 dias de antecedência que a ilha não será reaberta, pois essas decisões são tomadas de acordo com critérios tecnicos ou por informações tipo leitos de uti's sobrecarregados, sistema de saúde em colapso. Ainda tem que levar em consideração as orientações das cores das bandeiras definidas pelo estado. No nosso caso amarela, que permite abertura de bares,restaurantes, barbearias, academias de ginástica etc...?
    3- Porque a falta de interesse em discutir o normativa elaborada pela comunidade?
    Só nos resta a hipótese de que a prefeitura do município não quer ter trabalho, gastar os recursos enviados pelo governo federal para covid-19. Fica mais facil se a ilha não receber turistas, se não temos gente, pra que enviar recursos??????

    ResponderExcluir
  2. O Secretário de Saúde de Maracanã não está nem aí para os turistas e moradores da ilha, a preocupação maior dele é trazer a fibra óptica direto de Igarapé Açú para Maracanã e beneficiar o provedor dele (MEGATELECOM), aproveitou a pandemia e lançou o edital PREGÃO PRESENCIAL SRP Nº 9/2020-003/SRP REGISTRO DE PEÇOS DATA DE ABERTURA 27/03/2020 de licitação para contratação de LInk Dedicado de 60mb, superfaturado assim denuncia que deve ser investigada, em plena pandemia as pessoas morrendo no hospital de Maracanã e prefeitura contrata link dedicado.

    ResponderExcluir