ANDANDO NAS VILAS DE MARACANÃ - TATUTEUA - é bem alí!


 

 

Por Emanuel Pereira

Isso, isso!  Do outro lado do rio, encravado na Reserva Extrativista do Maracanã, e a dois passos da exuberante praia da Marieta, está a vila de Tatuteua - um aglomerado urbano formado por gente simples, que tem na agricultura sua base de subsistência.


Distrito municipal, o nome faz referência a etimologia Tupi, que quer dizer; "tatú do casco grande". A comunidade dispõe de serviços básicos, como energia elétrica, água canalizada, posto de saúde, associação esportiva, ensino fundamental e outros afins.


Servida pela rodovia PA 124, está no compasso de espera pelo asfaltamento dessa via de integração, e que vai alavancar o desenvolvimento turístico daquela região, tendo como carro chefe a beleza cênica da praia da Marieta, na Ilha do Marco, município de Maracanã.


 


Dizia o saudoso Henriquinho Botelho - "o asfaltamento da estrada de Santos vai tirar Maracanã da condição de fim de linha. Fazia referência aos santos no percurso da estrada".


Santo Antônio do Raposo, Santo Antônio do Urindeua, São Bento, Santo Amaro e São Raimundo.


Como diz a cantoria do carimbó, "Tatuteua não espia para o mar"... mas é vizinho do Furo do Bom Jesus e da enseada do rio Maracanã.


O mangue fértil está na ilharga da vila e dele provém o sustento familiar, como o apetitoso caranguejo, o sustancial turú, e o peixe fresco fisgado nas beirateuas dos igarapés.


Tatuteua ostenta a aprovação de fabricar o melhor beijú das imediações, muito consumido na cidade - um presente dos deuses para todos os gostos.


Solo fértil, juventude em estado de graça - uma comunidade feliz.
Pegue a sua rabeta e vá tomar um soro de hospitalidade cabocla nessa comunidade que prima pelo agrado e ainda conta prosa da cobra grande do Derrubado e dos assovios da Matinta nas noites de luar. 



* O autor é professor, poeta e historiador do município de Maracanã

Postar um comentário

0 Comentários