Lá no Sul - Nunca desista dos seus sonhos

A família do Frank!

São milhares de nativos de nossa região nordeste paraense que estão vivendo no sul do país, por isso, muitas histórias já foram contadas aqui no Blog. Algumas de sucesso, outras nem tanto!

Blumenau e Timbó em Santa Catarina, Caxias no Rio Grande do Sul, entre outras, tem sido os locais preferidos dos paraenses que buscam trabalho, educação e saúde de mais qualidade.


O Blog tem sido o portal de matar saudade e também de replicar as histórias daqueles que seguiram um sonho e o final só poderá ser contado por cada um deles. Em Blumenau, alguns pequenos negócios começam a surgir com iguarias paraenses, o que certamente atrai muita gente para matar a saudade da terrinha paraoara; nos fins de semana festas acontecem com música paraense como melody, brega e carimbó. Djs do Super Pop, Búfalo do Marajó por lá já estiveram.

Bem, hoje é dia de contar a história de uma família que no dia 4 de junho de 2018, foi transformada em refém na própria residência em Ananindeua. Quatro assaltantes adentraram a casa e levaram quase tudo o que tinha no local. Após ao assalto, voltaram a terra natal de Maracanã, tentando a vida na venda de comida em chapa e salgados diversos. Depois de seis meses, resolveram dar uma guinada de 360 graus na vida e no dia 22 de janeiro de 2019, seguiram na cabine de um caminhão cegonha no rumo de São Paulo. Dentro da "boleia" Frank do Espirito Santo, sua esposa Hérica e os filhos Yago e Yan. O carro da família seguia lá em cima do caminhão. A viagem foi um grande aventura: atravessando o estado do Tocantins, com pista molhada, o veículo deslisou e quase um grave acidente aconteceu. Mas, passado o susto, chegaram a São Paulo.
Hérica
Os filhos Yago e Yan


Um dia após chegar em terras paulistas, hora de colocar o carro na estrada e seguir ao destino no estado de Santa Catarina, na cidade de Blumenau, onde amigos maracanaenses já o aguardavam. Nos primeiros dias todo o apoio do amigo Ramon Paixão. Cinco dias depois, mais um pouco de estrada e seguiram para Timbó-SC, onde ficaram por 2 meses na casa de um amigo e quase desistiram de tudo. Então, Hérica começou a trabalhar e Frank usou o carro para os serviços no aplicativo do Uber.
Bem, a história de Frank contada por ele mesmo já teve sucesso: hoje ele trabalha num hotel estrelado e já estão em um apartamento.
Frank no trabalho do Hotel
Frank disse ao Blog: "nunca desista dos seus sonhos". O final da história?
Só o tempo poderá contar...

Da Redação
Icaro Gomes
Imagens e informações: Frank do Espirito Santo

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Que maravilha! O Frank é um vencedor. Que Deus continue o abençoando.

    ResponderExcluir